sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Apesar dos desencontros
e da chuva no caminho
ao seu lado sigo meu destino

apesar do vento forte
e de todos os naufrágios
ao seu lado sei que estou a salvo

com você sou invencível
não conheço o impossível
quando volto, te encontro aqui
(deixa-me viver assim sempre ao seu lado )

no cantinho de algum beijo
no limite dos seus planos
deixe-me viver sempre ao seu lado
na lembrança de um suspiro
no calor de um abraço
deixe-me viver sempre ao seu lado
sempre ao seu lado

narana narana...narana narananana narana narana narana

apesar da tempestade
que balança o nosso barco
ao seu lado sempre estou calmo

apesar do mais difícil
apesar de todos os tropeços
ao seu lado nada me dá medo

com você sou invencível
não conheço o impossível
quando volto te encontro aqui
(deixe-me viver assim sempre ao seu lado)

no cantinho de algum beijo
no limite de suas mãos
deixe-me viver sempre ao seu lado
na lembrança de um suspiro
no calor de um abraço
deixe-me viver sempre ao seu lado
sempre ao seu lado

(Tradução-Ao seu lado-rbd)

Nenhum comentário:

Postar um comentário