terça-feira, 27 de outubro de 2009

só o amor

Sabe quando a gente se apaixona, mais de repente percebe que aquilo não passou de uma grande desilusão dentro do nosso peito? Pois é, apartir daí buracos se abrem, e nos corrói por dentro, como se nosso corpo estivesse sendo triturado... Esmagado. A gente se contorce, chora, tenta esqueçer, mais de uma hora pra outra aquilo tudo volta outra vez, querendo ou não, nos lembramos daquele alguém causador desses tormentos que machucam tanto. Eu paro e vejo como as coisas realmente são, e elas não são tão perfeitas quanto achamos, nossa vida é uma verdadeira montanha-russa, sobe-desce todo dia, mudanças de opiniões a cada segundo, por mais rodeada de amigos que estejamos, as lembranças, recordações e todos esses pensamentos fazem com que você se pareça uma louca, mais apesar de tuudo, o amor é o sentimento mais puro e mais lindo de todos *-* pois só por amor que você se tornar capaz de fazer o impossível para estar com a pessoa amada, enfrenta todas as barreiras de frente, sem medo de se machucar, nos entregamos de verdade a esse sentimento tão misterioso, tão gostoso, só o amor nos faz chorar ao ouvir aquela música romantica que lembre vocês dois, e então você pensa, abraça seu travesseiro, ou até mesmo escreve tudo o que pensa e que dá vontade como estou fazendo agora. Ao dizer coisas verdadeiras, bonitas ou não, complexas ou não, nos sentimos livres, mais fortes. Por dentro nós estou gritando, dizendo tudo o que penso e o que gosto de fazer ou não, mais por fora, tento esconder, por medo de perder talvez, aquele que digo amar tanto. :/

terça-feira, 6 de outubro de 2009

SOLIDÃO no meio de TANTOS

Em todos os momentos, nossas ruas se enfeitam de pressas.
A pressa domina o mundo sem prece. Parece que as pessoas estão chegando atrasadas a algum lugar. São pessoas,que se tocam,que se batem, que dão encontrões nas calçadas, mas que não se comunicam. Vivem na solidão de seu mundo fechado e limitado, perdidas em tantas ocupações, com tantos compromissos. Só enxergam o que se encontra na caverna solitária de seu pequeno mundo individual. Parece que as pessoas não se vêem, não enxergam as outras.
"Eu estou vendo milhares de pessoas junto a mim. Mas,elas não estão me vendo"
Entretanto, essas pessoas apressadas, ás vezes,por qualquer motivo, param e esquecem sua pressa: um vendedor ambulante com uma droga que faz o homem viver mais; uma batida de carro; um cantador de viola, cantando vida; uma briga entre desafeto; E todos param. Quer dizer que o homem é capaz de parar. Na verdade quem não pára na vida,nada encontrará, nem a si mesmo, quanto mais aos outros. O melhor é que em todas as paradas, sempre há um lugar para quem pára.
A vida do ser humano necessita de um lugar de parada, principalmente no coração das pessoas.
Se os outros não me olharem, se não me ouvirem, não me atenderem, se não dialogarem comigo,se não se aproximarem em mim, se não me ajudarem, dificilmente eu sairei da minha solidão,eu serei eu mesmo.

Portanto, na pressa de minha vida,ou de minha solidão, mais do que de uma casa, eu preciso dos vizinhos; mais do que de um emprego,eu necessito de colegas; mais do que da escola,eu tenho a necessidade de companheiros que aceitem a minha amizade; preciso de alguém que pare para dar atenção a mim.

"PARA QUEM PÁRA NA PRESSA SEMPRE HÁ UM LUGAR NO CORAÇÃO DE ALGUÉM"
player ♪ ( simple pan - untitled )
beijo,boa noite ! :)