sexta-feira, 28 de maio de 2010

eu te amo. apesar de tudo, eu te amo. incondicionalmente, infinitamente, eternamente. tudo o que eu passei contigo não pode ser apagado. eu te conheci do nada e hoje você é a melhor coisa que já me aconteceu. e, apesar do tanto de discussão, eu precisava me expressar sobre isso, porque eu não sei o que vai acontecer a partir de agora, mas eeu quero que você sempre, meu amor, tenha em mente que eu sempre te amei, a nada nem ninguém pode tirar isso de mim. você me faz sorrir, você trouxe mais cor pra minha vida, você fez ela ter mais sentido do que já tem. cara, eu te amo inexplicavelmente, eu não tenho palavras pra descrever como a tua importância pra mim é grande. talvez seja por isso que eu pego no seu pé tanto, sabe. *-* , talvez eu seja muito ciumenta (possessiva, seja lá o que for) , talvez eu te atrapalhe, eu não sei. eu só te peço que, se eu fechar os meus olhos por um instante, você não vá embora. porque o que eu sinto por você é só por você, e por mais ninguém, cara :~ , vs pra mim é tudo, tudo na vida. eu sei que a gente tá passando por muita coisa ruim, mas tudo que eu passei com você, os beijos, os abraços e carinhos, as juras de amor. ah, tudo isso pra mim é incomparável. a cada dia que passa, você se torna mais especial pra mim. você é o amor da minha vida, e não tem mais ninguém que possa tomar o seu lugar. talvez eu tente fazer isso , mas a sua presença pra mim é insubstituível. aaah, meu amor, eu te aamo muuuito, velho. pra sempre. e eu sinceramente não queria que isso acabasse. leco, tu é a minha vida, meu amor, meu motivo, meus sorrisos, meu tudo. cara, sem noção, tu é tudo pra mim, tudo, meu amor, pra sempre, sempre, e sempre. (L)


:: ♪♪

Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém é por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeito mas com você eu posso ser
Até eu mesmo que você vai entender

Posso brincar de descobrir desenho em nuvens
Posso contar meus pesadelos e até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa
Posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo
Mas com você eu tô tranquilo, tranquilo

Agora o que vamos fazer, eu também não sei
Afinal, será que amar é mesmo tudo?
Se isso não é amor, o que mais pode ser?
Estou aprendendo também

Nenhum comentário:

Postar um comentário