segunda-feira, 17 de agosto de 2009


Pai , hoje revivo nossa história. Penso em ti, vejo-me pequeno , mas não sozinho, porque minhas mãos encontram as tuas. Teus passos marcam e vão marcar o meu caminho. Tua vida foi partilhada comigo. E eu pude crescer feliz, porque o teu amor não me faltou. Pequeno, me jogava nos teus braços, e neles encontrava a paz e a segurança de que todo filho necessita. Até mesmo quando voltava do trabalho, não obstante o cansaço, tinhas tempo para mim, uma palavra, um sorriso, um abraço e aquelas brincadeiras que me ensinaram a fazer de ti o meu herói maior. O tempo passou, eu cresci. Mas continuo mergulhando no mistério que tua paternidade aos poucos me revela. Penso em ti, e te sinto comigo. Ensaio abraços para agradecer tua presença em minha vida. Deus te abençoe, meu pai ! E te conserve para sempre neste meu coração de filho que jamais se cansará de te amar.
eu te amo demais, papai! :$
.: boa noite, beijos !

Nenhum comentário:

Postar um comentário